Macau poderá receber 40 milhões de visitantes em 2025

29 September 2017

Macau poderá receber até 40 milhões de visitantes em 2025, de acordo com o Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau, que abrange as actividades a serem desenvolvidas ao longo dos próximos 15 anos, quinta-feira divulgado pela Direcção dos Serviços de Turismo (DST).

O documento apresentado pela directora daqueles serviços, Maria Helena de Senna Fernandes, pretende assegurar o desenvolvimento da indústria turística de uma forma articulada com a direcção de desenvolvimento do país e do governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM).

Maria Helena de Senna Fernandes salientou que na sequência da iniciativa nacional “Uma Faixa, Uma Rota” e a visão da transformação de Macau num Centro Mundial de Turismo e Lazer do governo da RAEM abriram-se novas oportunidades para a indústria turística de Macau.

A directora da DST adiantou que o Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau, que levou dois anos a ser elaborado, apresenta oito objectivos-chave, 33 estratégias, 91 medidas de curta, média e longa duração, constituindo um plano de acção global e um esquema que cobre diferentes níveis de desenvolvimento da indústria turística.

O plano inclui dois cenários possíveis para 2025, tendo por base indicadores passados, como sejam o número de visitantes entrados em Macau em 2016, que ascendeu a 30,95 milhões.

O cenário mais conservador indica que em 2025 Macau estará a receber entre 33 a 35 milhões de visitantes, tendo por base um crescimento anual de um a dois por cento, antecipando o segundo, assente numa previsão de crescimento entre três a cinco por cento, que aquele número oscile entre 38 milhões e 40 milhões.

O plano indica igualmente que as receitas do turismo, exceptuando as associadas com o jogo, deverão atingir entre 13 mil milhões e 14 mil milhões de dólares em 2025, tendo por base o cenário mais conservador, que extrapola a partir do valor registado em 2016 de 6,6 mil milhões de dólares.

O mesmo cenário prevê também que o número de quartos de hotel, que em 2016 era de 37,6 mil, ascenda a 51,9 mil em 2025.

O relatório global do Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau (versões em chinês, português e inglês) e o resumo do Plano Geral do Desenvolvimento da Indústria do Turismo de Macau (versões em chinês, português e inglês) podem ser descarregados em: http://masterplan.macaotourism.gov.mo/home-pt/index.html. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH