Primeiro porto seco de Moçambique começa a funcionar em 2018

4 October 2017

O primeiro porto seco de Moçambique deverá entrar em funcionamento em 2018, sendo um terminal intermodal terrestre directamente ligado a duas estradas nacionais e à linha de caminho-de-ferro Beira/Machipanda, nas províncias de Sofala e de Manica, respectivamente, escreveu o jornal Notícias, de Maputo.

O porto seco vai nascer no Inchope, principal cruzamento rodoviário da região centro, onde se entrelaçam as duas estradas que ligam as zonas sul, centro e norte do país, de acordo com o chefe daquele posto administrativo.

Augusto Roque disse que o porto seco, formalmente conhecido por Estação Aduaneira Interior do Inchope, será um terminal internacional de carga, permitindo desanuviar a concentração de mercadoria contentorizada destinada à exportação e importação a partir e/ou proveniente do porto da Beira e dos países do interior, casos do Zimbabué, Malaui, Zâmbia e República Democrática do Congo.

A nível nacional, o porto seco de Inchope poderá armazenar a carga proveniente das regiões sul, centro e norte do país destinada à exportação e importação, contribuindo também para aliviar o porto da Beira, estando para esse efeito ligada à linha férrea Beira/Machipanda, EN1 e EN6, que cruzam aquele posto administrativo.

O porto seco é um terminal intermodal terrestre directamente ligado por estrada e/ou via férrea e/ou até aérea, sendo um depósito alfandegado localizado na zona secundária (fora do porto), geralmente no interior.

Recebe as cargas ainda consolidadas, podendo nacionalizá-las de imediato ou trabalhar como entreposto aduaneiro. Dessa forma, o porto seco armazena a mercadoria do importador pelo período que este desejar, em regime de suspensão de impostos, podendo fazer a nacionalização fraccionada.

O mesmo processo pode acontecer na exportação, num sistema que permite que o exportador utilize o porto seco para depositar carga e, a partir do momento que esta entra, todos os documentos referentes à transacção podem ser negociados normalmente como se a mercadoria já estivesse embarcada. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH