Cooperação entre Angola, Guangdong e Macau em debate na MIF 2017

11 October 2017

Empresários de Angola, Guangdong e Macau vão debater durante a 22.ª Feira Internacional de Macau (MIF) a potencialidade de relações tripartidas ao nível do comércio e do investimento, informou o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM).

O comunicado informa ainda que o encontro, a decorrer dia 19 de Outubro, vai permitir que os participantes fiquem a conhecer as vantagens e funções de Macau enquanto plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os países de língua portuguesa “de modo a serem exploradas em conjunto oportunidades de investimento.”

As trocas comerciais da China com Angola representaram nos primeiros sete meses do ano 10 mil milhões de dólares, o que representou um aumento de 50% em relação ao período homólogo de 2016.

A cidade de Cantão é actualmente a capital e o centro nevrálgico da província de Guangdong, que é a que mais riqueza produz em toda a China.

No primeiro semestre de 2017, o PIB de Cantão cresceu a uma taxa mais elevada do que a do resto do país, 7,9% contra 6,9%, tendo-se situado em 989 mil milhões de yuan ou 147 mil milhões de dólares.

A província de Guangdong possuiu uma área de 179,8 mil quilómetros quadrados e uma população de sensivelmente 109 milhões de habitantes tendo como principais sectores industriais automóveis, petroquímica e tecnologias de informação.

As relações entre Guangdong e Macau têm vindo a reforçar-se nos últimos anos e o “Acordo-Quadro para o Reforço da Cooperação Guangdong-Hong Kong-Macau e Promoção da Construção da Grande Baía”, assinado em Julho passado, aprofundou ainda mais a cooperação entre a província chinesa e Macau abrindo novas oportunidades para o desenvolvimento e cooperação económica e comercial.  (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH