Empresários de Angola e da Índia criam Câmara de Comércio e Indústria

11 October 2017

Empresários angolanos e indianos criaram a Câmara de Comércio e Indústria Angola-Índia “a fim de ajudar a melhorar o ambiente em que se realizam negócios bilaterais”, tendo a sessão inaugural tido lugar segunda-feira em Luanda, de acordo com a agência noticiosa Angop.

A Câmara de Comércio e Indústria Angola-Índia declara ser um parceiro dos governos dos dois países no que diz respeito ao comércio e investimentos, desenvolvendo desta forma uma diplomacia económica e promovendo ambos os países nos domínios económico, social e político, segundo a declaração de intenções.

A Câmara de Comércio e Indústria Angola-Índia conta actualmente com 50 membros, com uma tendência crescente, na medida em que os projectos comerciais e de investimento são aplicados, com forte incidência no apoio a empresários angolanos que pretendam realizar actividades comerciais e investimentos em Angola e na Índia.

Num fórum consagrado às linhas de crédito do Banco de Exportações e Importações (ExIm) da Índia para o apoio aos empresários angolanos Nacional”, o embaixador Sushil Singhal disse que o comércio bilateral entre Angola e a Índia se cifrou em três mil milhões de dólares em 2016, tendo já atingido valores mais elevados, caso de 2013 com 7,6 mil milhões de dólares.

O embaixador anunciou na ocasião que os produtos agrícolas angolanos têm acesso livre garantido ao mercado indiano, através do regime de isenção de taxas alfandegárias disponível para os Países Menos Avançados (PMA) desde 2008 e ampliado em 2014. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH