Grupo chinês Chery Automobile Company coloca à venda subsidiária do Brasil

18 October 2017

O grupo chinês Chery Automobile Company, com sede em Wuhu, província de Anhui, anunciou pretender vender mais de 50% da fábrica que em 2014 inaugurou em Jacareí, Estado brasileiro de São Paulo, após um investimento de 400 milhões de dólares, noticiou a página electrónica brasileira Auto Data.

O anúncio publicado informa que o grupo irá aceitar propostas até dia 7 de Novembro próximo e que espera obter um encaixe de pelos 421 milhões de yuans (cerca de 64 milhões de dólares).

A página brasileira acrescentou que a decisão do grupo chinês de vender uma participação de controlo na fábrica brasileira visa “aliviar a pressão financeira negativa exercida nos últimos seis anos pela subsidiária deficitária no Brasil”, sendo público que a operação brasileira do grupo registou um prejuízo de 166,3 milhões de dólares em 2016.

A Auto Data escreveu ainda que entre o final de 2016 e o início de 2017 a Chery tentou negociar a transferência de suas operações comerciais para o Grupo Caoa, que desde 2007 fabrica modelos Hyundai em Anápolis (Goiás) e opera um dos maiores conglomerados de concessionárias no Brasil com as marcas Hyundai, Ford e Subaru.

A decisão do grupo Chery Automobile Company de construir uma fábrica no Brasil, com uma capacidade instalada de 150 mil veículos/ano, ficou a dever-se ao facto de pretender ultrapassar a sobretaxa do Imposto sobre Produtos Industrializados a aplicar aos automóveis importados, imposta a partir de 2012 pelo governo brasileiro a fim de proteger o mercado nacional.

As vendas obtidas pelo subsidiária brasileira foram sempre muito fracas e em queda acelerada até atingirem apenas duas mil unidades em 2016, deixando a planta de Jacareí praticamente parada comparativamente à capacidade instalada de 50 mil veículos por turno de trabalho. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH