Índia e Moçambique pretendem acelerar exploração de depósitos de gás natural

19 October 2017

A Índia e Moçambique acordaram na exploração expedita das descobertas de gás natural na bacia do Rovuma, norte do país, no decurso de um encontro realizado em Maputo entre o ministro do Petróleo da Índia e a ministra moçambicana dos Recursos Naturais, informou a agência noticiosa Press Trust of India.

Em mensagem divulgada através da rede Twitter, o ministro indiano Dharmendra Pradhan, que se deslocou a Moçambique para participar numa conferência internacional sobre gás natural, disse ter-se encontrado com a ministra Letícia Klemens, tendo ambos acordado na necessidade de acelerar a exploração dos recursos existentes, onde as empresas indianas já investiram cerca de 6,5 mil milhões de dólares.

A ONGC Videsh Ltd (OVL), a subsidiária do grupo Oil and Natural Gas Corp (ONGC) para os negócios no estrangeiro, detém uma participação de 16% no bloco Área 1, operado pelo grupo norte-americano Anadarko Petroleum (26,5%), o grupo Oil India Ltd controla (OIL) 4,0% e uma subsidiária do grupo Bharat Petroleum Corp Ltd (BPCL) detém 10%.

O bloco Área 1 abrange uma área de 10 mil quilómetros quadrados, tendo a prospecção concluída em 31 de Janeiro de 2015 resultado em cinco descobertas, com depósitos recuperáveis de gás natural de cerca de 60 biliões de pés cúbicos. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH