Banco Nacional de Angola deve colocar banca nos padrões internacionais

31 October 2017

O novo governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano, tem a responsabilidade de fazer com que a banca angolana atinja os padrões exigidos pelas instituições financeiras e bancárias internacionais, disse o Presidente da República segunda-feira em Luanda.

O Presidente João Lourenço, no decurso da cerimónia de tomada de posse do novo governador do banco central do país, disse que a escolha de José de Lima Massano deriva da confiança que nele é depositada de que é uma pessoa com capacidade para elevar o nível e o bom funcionamento não só do Banco Nacional de Angola, mas também do sistema bancário do país.

O novo governador disse que vai trabalhar para reforçar a estabilidade do sistema financeiro angolano, estratégia que passa também por melhorar a capacidade interna da instituição, tendo acrescentado “ter grande orgulho em poder, de novo, servir Angola nesta função.”

José de Lima Massano referiu que a agenda do BNA está definida, quer por força dos seus estatutos, quer também por orientação política, já transmitida publicamente pelo Presidente da República no seu discurso sobre o estado da Nação, de 16 de Outubro.

O Presidente da República, João Lourenço, exonerou na passada sexta-feira Walter Filipe Duarte da Silva, a seu pedido, do cargo de governador do Banco Nacional de Angola. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH