Grupo brasileiro compra 50% da subsidiária brasileira do grupo chinês Chery

13 November 2017

O grupo brasileiro Caoa, distribuidor das marcas Ford, Subaru e Hyundai, adquiriu 50% da operação brasileira do grupo chinês Chery e revelou pretender investir neste novo negócio até 2000 milhões de dólares nos próximos cinco anos, de acordo com um comunicado conjunto divulgado sábado.

A subsidiária do grupo chinês passa a chamar-se Caoa Chery e utilizará o Brasil como base de exportação para toda a América Latina, a partir das fábricas em Anapólis (Estado de Goiás) – onde o grupo brasileiro monta os veículos da marca Hyundai – e em Jacareí ( Estado de São Paulo), onde se situa a fábrica da Chery.

O grupo Caoa (nome derivado do seu fundador Carlos Alberto de Oliveira Andrade) garantiu que a parceria existente com os sul-coreanos da Hyundai não será afectada por esta decisão, “compra que possibilitará a introdução de novas tecnologias, além do desenvolvimento de novos produtos”, de acordo com o seu actual presidente Mauro Correia.

O grupo brasileiro não divulgou quanto pagou para se tornar sócia da Chery, tendo o negócio sido conhecido apenas no sábado na China, depois de o grupo chinês ter divulgado o seu plano estratégico para os próximos anos.

O jornal brasileiro O Globo escreveu que este negócio assinala o recomeço dos investimentos no sector automóvel do país, que está a mostrar os primeiros sinais de recuperação após anos sucessivos de forte queda, estando previsto um aumento de 7,4% nas vendas de automóveis e comerciais ligeiros.

Em Setembro, a marca sul-coreana de veículos Ssangyong havia anunciado que voltaria a vender no Brasil em 2018, em parceria com a brasileira Venko Motors. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH