Macau pode ajudar províncias e municípios da China a relacionarem-se com países de língua portuguesa

13 November 2017

As províncias e municípios inseridos no Pan-Delta do Rio das Pérolas devem aproveitar as vantagens da plataforma de Macau para aprofundar a cooperação económica e comercial com os países de língua portuguesa e mesmo com os países ao longo da “Faixa e Rota”, disse o presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM).

No decurso da 13.ª Reunião Conjunta dos Presidentes dos Municípios inseridos na Região do Pan-Delta do Rio das Pérolas, ocorrida no município de Changsha, província de Hunan, o representante do governo de Macau e presidente do IPIM, Jackson Chang, elucidou os presentes no papel que Macau pode desempenhar na construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau.

Chang disse ainda que, em Março do corrente ano, o desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau foi oficialmente incluído no Relatório de Trabalho do Governo Central, tendo posteriormente sido celebrado o Acordo-Quadro para Reforço da Cooperação Guangdong-Hong Kong-Macau e Promoção da Construção da Grande Baía.

O presidente do IPIM recordou ter sido assinalado no 19.º Congresso Nacional do Partido Comunista da China o apoio à integração de Hong Kong e Macau no desenvolvimento nacional global, com ênfase na construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, maior cooperação entre as três partes e a cooperação regional no seio da Região do Pan-Delta do Rio das Pérolas, impulsionando a cooperação entre a China, Hong Kong e Macau, para benefício mútuo.

Para o efeito, com vista a levar a cabo a construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, o Governo da RAEM celebrou, sucessivamente, uma série de acordos com os municípios localizados próximos da Grande Baía, tendo também o IPIM celebrado acordos e iniciado a cooperação com diversos organismos económicos e agências de promoção do comércio, abrangendo diversas áreas, nomeadamente, serviços comerciais, financeiros e de informação.

O comunicado do IPIM recorda que Macau, em colaboração com as províncias e municípios da Região do Pan-Delta do Rio das Pérolas, efectuou visitas aos países de língua portuguesa, tendo em Março e Junho do corrente ano delegações compostas por representantes do Grupo “9+2” deslocado-se a Portugal, ao Brasil e à sede da União Europeia.

No decorrer da reunião, foi também divulgada a “Proposta sobre o Aprofundamento da Cooperação entre as Capitais das Províncias inseridas na Região do Pan-Delta do Rio das Pérolas (Changsha)” e aprovada a resolução sobre o município onde será realizada a próxima edição da Reunião Conjunta, que, conforme foi anunciado, terá lugar em Cantão. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH