Cabo Verde obtém linha de crédito de 582 milhões de dólares

15 November 2017

Cabo Verde acordou com o Banco Africano de Exportações e Importações (Afreximbank) a abertura de uma linha de crédito de quase 55 mil milhões de escudos (582 milhões de dólares) para financiamento a empresas e investidores cabo-verdianos, anunciou o primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva.

O primeiro-ministro disse que este instrumento financeiro cria as condições necessárias para o investimento privado, ampliando o acesso ao crédito que o mercado interno nacional não consegue propiciar.

“Estamos a falar de cerca de 25% do PIB de Cabo Verde, o que significa que estão criadas as condições para que os investimentos de empresas e empreendedores cabo-verdianos, em sectores estruturantes para o país, como o turismo, agroindústria e transportes, possam transformar-se em realidade, ultrapassando as limitações de financiamento do mercado financeiro nacional”, sustentou o chefe do governo.

O primeiro-ministro, que falava no V Jantar de Gala em celebração do 22.º aniversário da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Sotavento, que aconteceu no passado fim-de-semana, na Praia, disse que o montante estará disponível a curto prazo, exigindo apenas bons projectos e modelos de negócio viáveis.

Correia e Silva acrescentou que, associada a esta linha de financiamento, está em curso o lançamento de uma outra linha de crédito de cinco mil milhões de escudos (53 milhões de dólares) para financiamento de pequenas e médias empresas. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH