Grupo português ETE reforça presença em Cabo Verde

17 November 2017

O grupo português ETE constituiu uma sociedade armadora de direito cabo-verdiano e está a ultimar a passagem de um dos seus navios para a bandeira de Cabo Verde, que será o único no país certificado para navegar em águas internacionais, informou o grupo em comunicado divulgado quinta-feira em Lisboa.

O comunicado menciona a constituição recente da Transinsular Cabo Verde – Transportes Marítimos Insulares de Cabo Verde, Lda, uma sociedade armadora de direito cabo-verdiano, a única no país habilitada e a cumprir todos os requisitos para efectuar o transporte marítimo internacional, ligação aos mercados atlânticos de proximidade e cabotagem.

A Transinsular Cabo Verde – Transportes Marítimos Insulares de Cabo Verde, Lda irá operar o navio “Ponta do Sol”, cujo processo de passagem para a bandeira de Cabo Verde está a ser ultimado.

O comunicado acrescenta que o grupo ETE – Empresa de Tráfego e Estiva continua interessado em concorrer à concessão da Cabnave – Estaleiros Navais de Cabo Verde, empresa com sede na ilha de São Vicente, cujo concurso internacional foi ganho pelo grupo, foi mais tarde anulado pelo presente governo cabo-verdiano.

O grupo ETE está a concluir a constituição da empresa “ETE Cabo Verde – Operações Portuárias, Lda”, visando apresentar uma proposta para a gestão dos portos da Praia, Mindelo, Palmeira e Sal Rei – seja em regime de concorrência, consórcio ou com base em outro modelo a definir pelo governo de Cabo Verde.

O grupo, através do seu armador Transinsular, comercializa desde 1 de Outubro de 2017 o serviço África Expresso, que é o único serviço regular directo (sem transbordo) com frequência a cada 10 dias, entre Portugal (Leixões e Lisboa) /Canárias e a Praia, Mindelo, Sal e Boavista.  (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH