Crescimento económico de Macau desacelera para 6,1% no 3.º trimestre

24 November 2017

A economia de Macau registou um crescimento real de 6,1% no terceiro trimestre, comparativamente ao valor para o Produto Interno Bruto contabilizado para o período homólogo de 2016, informou a Direcção de Serviços de Estatística e Censos (DSEC).

A taxa registada no terceiro trimestre representa uma contracção face aos crescimentos de 11,3% no primeiro trimestre e de 10,8% no segundo, queda que a DSEC argumenta ficar a dever-se à elevada base de comparação, uma vez que no período homólogo de 2016 a economia tinha voltado a crescer.

No período em análise a procura externa cresceu fortemente, tendo as exportações de serviços aumentado 14,6% em termos anuais, para o que contribuíram principalmente os aumentos homólogos de 18,4% nas exportações de serviços do jogo e de 9,4% nas exportações de outros serviços turísticos.

As exportações de bens aumentaram 18,9%, mas a procura interna assinalou um significativo abrandamento, arrastado essencialmente pela retracção anual de 25,1% no investimento, enquanto a despesa de consumo final do governo e as importações de bens desciam 0,7% e 6,8%, respectivamente.

No terceiro trimestre deste ano, o deflactor implícito do PIB, que mede a variação global de preços, registou um crescimento anual de 2,8%, adiantou a DSEC.

A DSEC informou ainda que a economia de Macau assinalou um aumento homólogo de 9,3%, em termos reais nos primeiros três trimestres deste ano.

O crescimento económico referente a 2015 foi revisto para baixo, para -21,6% e o referente a 2016 foi revisto para cima, para -0,9%.

Quanto a 2017, o crescimento económico do primeiro trimestre foi revisto para cima, para 11,3%, enquanto era revisto para baixo o do segundo trimestre, para 10,8% e era revisto o do primeiro semestre para 11,0%. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH