Empresa da China vai colocar lâmpadas LED em duas ruas do Rio de Janeiro

24 November 2017

Uma empresa da China interessada em participar no concurso público para modernizar o sistema de iluminação do Rio de Janeiro vai colocar lâmpadas LED em duas ruas da cidade como forma de demonstração, informou quarta-feira o presidente do município em declarações à Rádio Tupi.

Marcos Crivella, que regressou de uma viagem à China, informou ainda que essa empresa, cuja identidade não divulgou, vai, além de substituir as lâmpadas convencionais por outras LED, colocar câmaras de vigilância e pontos de acesso à Internet nos postes existentes.

“As grandes empresas da China que produzem lâmpadas LED (díodos emissores de luz) já anunciaram que irão apresentar propostas ao concurso público que o município vai lançar”, disse ainda Crivella àquela estação emissora.

O concurso público a ser lançado pelo município contempla a substituição das 450 mil lâmpadas convencionais por outras LED, bem como dos postes existentes por outros ditos “inteligentes” com câmaras de vigilância e sistema de Wi-Fi.

Marcos Crivella recebeu terça-feira no Palácio da Cidade uma delegação de 30 empresários chineses e representantes de entidades comerciais e industriais de Macau e Shenzhen, encontro que contou com a participação do cônsul-geral da China no Rio de Janeiro, Li Yang.

Glória Batalha Ung, vogal executiva do Instituto de Promoção do Comércio e Investimentos de Macau, disse que a visita tanto ao Rio de Janeiro como a São Paulo visa recolher informações sobre o ambiente de investimento no Brasil e realizar intercâmbio com organismos públicos e empresas para conhecer e explorar as oportunidades de cooperação.

O presidente do município salientou estar a negociar com o Banco de Desenvolvimento da China a obtenção de um empréstimo para poder amortizar dois mil milhões de dólares da dívida que o Rio de Janeiro tem junto do governo federal e que vencem a curto prazo.

O encontro foi organizado pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) e pelo Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) em parceria com a município da cidade do Rio de Janeiro. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH