Grupo chinês STO Express inicia no Brasil expansão internacional

4 December 2017

A X-Tong, subsidiária brasileira do grupo chinês STO Express, vai divulgar no primeiro semestre de 2018 uma página de comércio electrónico que permitirá às empresas brasileiras encomendar produtos directamente a fornecedores chineses, disse Gu Guo Liang, director de projectos internacionais.

A assessora especial da administração do grupo para os projectos internacionais, Ji Xianqun, disse que o grupo vai investir “milhões de dólares” neste negócio e adiantou que o objectivo é fazer com que uma empresa brasileira possa receber as mercadorias chinesas no máximo de três semanas.

Gu Guo Liang, citado pelo jornal brasileiro O Globo, adiantou que o grupo não pretende parar no comércio entre empresas, indo num futuro próximo aceitar encomendas de particulares.

“Queremos tornar a vida do consumidor brasileiro mais confortável. O cliente quer comprar uma cortina chinesa pela Internet, pois nós entregamos e ainda forneceremos quem a instale”, garantiu o director de projectos internacionais.

O grupo está a par das dificuldades para se instalar no Brasil, por questões alfandegárias, sanitárias e de outro tipo, pelo que pondera poder vir a utilizar armazéns próprios de que já dispõe no Uruguai.

Com sede em Xangai, o grupo STO Express, constituído em 1993, é controlado pela Shanghai Deyin Investment Holding Co., Ltd. e fornece serviços de logística e transporte de mercadorias tanto na China como no estrangeiro a nível empresarial. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH