Portugal abre consulado em Cantão, o terceiro na China

3 January 2018

Portugal vai abrir no início do ano um consulado em Cantão, o terceiro existente na China, depois de Pequim e de Xangai, sendo a primeira representação diplomática portuguesa a ser aberta em 13 anos, noticou a estação emissora portuguesa TSF.

O embaixador de Portugal na China, José Augusto Duarte, disse à estação emissora que a abertura desta nova representação diplomática era uma ambição antiga uma vez que a região de Cantão é uma das mais prósperas da China.

O cônsul André Sobral Cordeiro salientou, por seu turno, que abrir uma representação naquela cidade pode facilitar os contactos empresariais.

“A presença de um consulado em Cantão permite que a parte burocrática seja tratada localmente, o que significa que as empresas, ao invés de terem de deslocar funcionários para irem tratar de coisas tão simples como o reconhecimento de uma assinatura ou fazerem uma procuração, podem fazê-lo localmente, poupando tempo e custos e promovendo mais eficazmente os negócios”, adiantou André Sobral Cordeiro.

A decisão de abrir um consulado em Cantão foi anunciada em Agosto de 2016, de acordo com um comunicado do Conselho de Ministros em que se informa que o novo consulado-geral terá como área de jurisdição as províncias de Guangdong, Hainão, Hunan, Fujian e a Região Autónoma de Guangxi Zhuang. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH