Banco Nacional de Angola define banda cambial para flutuação do kwanza

5 January 2018

A Comissão de Política Monetária do Banco Nacional de Angola definiu os limites máximo e mínimo da banda cambial para a flutuação do kwanza face às principais divisas, no decurso de uma sessão extraordinária quinta-feira realizada em Luanda, informou o banco central em comunicado.

O comunicado adianta que os limites da banda cambial foram definidos após uma análise do comportamento dos fundamentos macroeconómicos da economia angolana e, particularmente, da tendência decrescente das reservas internacionais, tendo igualmente presente o actual desequilíbrio entre a oferta e a procura de divisas.

O regime cambial de Angola, até agora baseada numa taxa administrativa determinada pelo banco central, vai passar a ser caracterizado pela flutuação da taxa de câmbio dentro de um intervalo pré-estabelecido, denominado banda cambial.

A taxa de câmbio do kwanza face a outras moedas, nomeadamente ao dólar e ao euro, passa a ser determinada pelas transacções que ocorrerem em leilões de divisas no mercado primário, sendo apurada através da média ponderada das vendas aos bancos comerciais.

Esta medida, explicitada pelo governador do Banco Nacional de Angola no decurso da sessão de apresentação do Programa de Estabilização Macroeconómica de 2018, visa reduzir o desfasamento existente entre a taxa de câmbio oficial e a verificada no mercado paralelo, com a primeira a ser de 166 kwanzas por dólar e a segunda a rondar 430 kwanzas. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH