Angola tem uma superfície florestal de 693 mil quilómetros quadrados

10 January 2018

Angola possui reservas de madeira estimadas em 4,5 mil milhões de metros cúbicos e uma superfície florestal avaliada em cerca de 69,3 milhões de hectares ou 693 mil quilómetros quadrados, o que representa 55,6% da superfície territorial do país, de acordo com dados oficiais.

Com esse potencial, Angola apresenta uma capacidade anual de corte permissível de cerca de 500 mil metros cúbicos de madeira, um volume que não coloca em risco a sustentabilidade da floresta.

O secretário de Estado da Agricultura para a área florestal, André Moda, que na ocasião fala a realidade do sector florestal angolano, disse que a capacidade de auto-renovação proporciona um crescimento global da floresta estimado em mais de sete milhões de metros cúbicos ao ano.

Além dos recursos que representam a floresta natural, o país conta ainda com um potencial de florestas plantadas, constituídas por eucaliptos, pinheiros e outras espécies exóticas que ocupam uma superfície de cerca de 140 mil hectares, que ficam localizadas no planalto central, nas zonas de convergência entre as províncias de Benguela, Huambo, Bié e Huíla.

André Moda adiantou que os actuais níveis médios de corte de madeira são aceitáveis, situando-se nos últimos três a cinco anos à volta de 200 mil metros cúbicos, ou cerca de 40% da capacidade anual de corte permissível.

Dados provisórios da campanha florestal de 2017 indicam que o sector florestal proporcionou ao Estado uma colecta de 1500 milhões de kwanzas (nove milhões de dólares), resultante do processo de emissão de licenças, taxas, emolumentos e multas diversas. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH