Ministério da Economia Marítima de Cabo Verde fica sedeado na ilha de São Vicente

11 January 2018

O Ministério da Economia Marítima de Cabo Verde será inaugurado a 22 de Janeiro, dia do município de São Vicente, na cidade do Mindelo, a mais populosa da ilha e a segunda maior do arquipélago, anunciou quarta-feira o ministro José Gonçalves.

O ministro, que tutela dois ministérios, Economia Marítima, com sede em São Vicente, e Turismo e Transportes, na capital, disse que nos últimos dois dias esteve no Mindelo em missão de apresentação do novo secretário de Estado Paulo Veiga e, ao mesmo tempo, a tratar da “montagem e criação” do Ministério da Economia Marítima.

José Gonçalves, citado pela agência noticiosa Inforpress, destacou a importância da instalação do ministério em São Vicente, ilha em que o governo de Cabo Verde está a apostar no desenvolvimento da Zona Económica Especial de Economia Marítima (ZEEEM).

O ministro disse ainda que o ministério irá funcionar com uma média de 60 a 70 quadros e que a respectiva lei orgânica deverá ser publicada em boletim oficial em Fevereiro próximo.

O secretário de Estado da Economia Marítima, Paulo Veiga, que tomou posse do cargo no dia 5 de Janeiro, disse que a economia marítima “tem de passar a ser um desígnio nacional” pelo desafio que constitui.

O ministro acompanhou recentemente a visita de uma delegação empresarial da China àquela ilha, tendo afirmado no final que os representantes da empresa chinesa Shandong Hi-Speed Group Co. manifestaram “enorme interesse” em participar no desenvolvimento da Zona Económica Especial de Economia Marítima.

José Gonçalves disse ainda que no decurso do encontro realizado na cidade do Mindelo ficou acordada a ida de uma delegação cabo-verdiana à China, ainda no decorrer do primeiro trimestre do ano. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH