Maior empresa de diamantes de Angola prevê produção de 7 milhões de quilates em 2018

24 January 2018

A Sociedade Mineira de Catoca prevê este ano produzir sete milhões de quilates de diamantes, disse terça-feira, em Saurimo, o director-geral, o russo Sergei Amelin.

O director-geral adiantou que a produção registada em 2017 atingiu 7,4 milhões de quilates e justificou a quebra prevista com o facto de a empresa empenhada na entrada em funcionamento do projecto mineiro Luaxe.

Sergei Amelin recordou que a mina, cujo início de exploração oficial está previsto para Março próximo, representa uma reserva de cerca de 350 milhões de quilates e uma previsão de exploração de cerca de 29 anos, com 100 hectares de superfície e está a ser projectada até à profundidade de 400 metros.

A Sociedade Mineira de Catoca tem como accionistas a estatal Empresa Nacional de Prospecção, Exploração, Lapidação & Comercialização de Diamantes de Angola (Endiama) e o grupo russso Alrosa, com participações iguais de 41%, estando os restantes 18% nas mãos da LL International Holding B.V.

A Sociedade Mineira de Catoca, situada no município de Saurimo, província da Lunda Sul, é o quarto maior produtor mundial de diamantes e líder nacional com uma quota de 86,3% em volume e 60,3% em valor monetário. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH