Corporação Financeira Internacional realiza diagnóstico do sector privado de Angola

2 February 2018

A Corporação Financeira Internacional (IFC, na sigla em inglês) inicia dentro de dias um diagnóstico do sector privado de Angola para criar mecanismos de financiamento de projectos que possam impulsionar o desenvolvimento do país, anunciou quinta-feira em Luanda o vice-presidente e tesoureiro da instituição do grupo Banco Mundial.

Jingdong Hua, que efectua uma visita de trabalho de dois dias a Angola, disse que o diagnóstico a ser feito vai incluir a aprovação de um quadro legal que possa ser mais vantajoso para o sector privado e anunciou ser intenção da IFC trabalhar com o governo angolano no sentido de desbloquear verbas de valor elevado para apoiar o desenvolvimento daquele sector.

O diagnóstico, prosseguiu, permitirá também a elaboração de relatórios de crédito e registo de imóveis que possam servir de garantias para a obtenção de crédito e análise do risco de crédito, tanto a nível empresarial como a nível individual.

A Corporação Financeira Internacional pretende investir nas áreas do agro-negócio, produção de energia, com destaque para as energias renováveis, apoiando ainda as pequenas e médias empresas a fim de impulsionar o desenvolvimento do sector privado em Angola, de acordo com a agência noticiosa Angop.

Jingdong Hua defendeu a importância de tornar o mercado de capitais do país mais activo e dinâmico, para que este sirva de veículo que permita estabelecer uma ligação entre as poupanças e as necessidades de financiamento das empresas, actualmente limitadas ao sistema bancário.

A IFC é uma instituição do grupo Banco Mundial com actuação centrada no apoio ao sector privado, sendo que no caso da África a sul do Saara tem estado a aplicar verbas estimadas em cinco mil milhões de dólares por ano em diversos projectos empresariais. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH