Futuro do Fórum de Macau em debate nas comemorações do 15.º aniversário

A secretária-geral do Fórum de Macau, Xu Yingzhen, anunciou em Pequim que vai ser comemorado este ano em Macau o 15.º aniversário do estabelecimento da instituição, criada em 2003 na sequência de uma iniciativa da China que obteve a adesão dos países de língua portuguesa.

Xu, que chefiou uma delegação do Fórum de Macau à capital chinesa, revelou igualmente que irá decorrer em Macau um seminário integrado nas comemorações em que será realizada uma retrospectiva do trabalho da instituição e a sua futura evolução.

Um comunicado do Fórum de Macau refere que a secretária-geral, nos encontros realizados, indicou que no âmbito da futura actividade da instituição uma das missões será a de apoiar o governo de Macau na construção da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de língua portuguesa.

Xu assinalou também que o Fórum de Macau continuará a promover a cooperação económica e comercial e o intercâmbio cultural entre a China e os países de língua portuguesa através de medidas conjuntas do Interior da China, dos países de língua portuguesa e de Macau.

De acordo com o mesmo comunicado a delegação do Fórum de Macau reuniu-se com os embaixadores ou representantes de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e Timor-Leste, com o Departamento dos Assuntos de Taiwan, Hong Kong e Macau e a Administração para o Desenvolvimento do Comércio Externo do Ministério do Comércio e com a Câmara de Comércio da China para a Importação de Produtos Alimentares, Produtos Nativos e Subprodutos Animais. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH