Empresários do Brasil procuram em Angola oportunidades de negócio

14 February 2018

Um grupo de empresários do Brasil ligados à agro-pecuária encontra-se em Angola a efectuar uma visita de prospecção de negócios às províncias do Cuanza Norte e do Moxico, informou o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural.

O comunicado oficial informa ainda que os empresários brasileiros, depois de terem efectuado uma visita ao município de Camabatela, província do Cuanza Norte, localidade onde está instalado o maior matadouro do país, deslocam-se à província do Moxico, onde permanecerão até quinta-feira.

O objectivo desta visita enquadra-se nos esforços do governo angolano, particularmente do sector da agricultura e florestas, na procura de potenciais parceiros que possam investir no sector, para a médio e longo prazos Angola tornar-se auto-suficiente na produção dos principais produtos alimentares.

A visita dos empresários brasileiros a Angola acontece um mês depois de o ministro angolano das Finanças, Archer Mangueira, ter estado no Brasil para negociar a reabertura dos desembolsos da linha de crédito para o financiamento de alguns projectos de investimento público, algo que aconteceu formalmente em Luanda, na passada sexta-feira, com a vinda do ministro das Relações Exteriores daquele país, Aolysio Nunes.

Durante a estada em Luanda, o chefe da diplomacia brasileira anunciou a abertura de uma linha de crédito de dois mil milhões de dólares e defendeu o aprofundamento das relações em áreas como a saúde, educação e defesa, mas sem perder de vista a necessidade de entendimentos entre os empresários para promover o desenvolvimento nos dois países.

A dívida de Angola ao Brasil, até 31 de Dezembro de 2017, totalizava 1271 milhões de dólares, dos quais 1212 milhões são devidos ao Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES) e 58,9 milhões ao Programa de Financiamento às Exportações (Proex) do Brasil. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH