Fitch Ratings revê em alta para “AA” a notação de risco de Macau

14 February 2018

A agência Fitch Ratings reviu em alta a notação de risco de Macau de “AA-“ para “AA” para a emissão de dívida a longo prazo em moeda externa, a dois níveis apenas da notação máxima de “AAA”, sendo a perspectiva estável, de acordo com um comunicado divulgado terça-feira.

A notação de risco “AA” corresponde à conquista e manutenção de uma capacidade financeira sólida para a concretização de compromissos financeiros, que não será facilmente afectada por eventos previsíveis, sendo o risco de incumprimento bastante baixo.

A Fitch Ratings referiu que não obstante a economia de Macau ter sofrido ajustamentos profundos, o governo revelou um grau de disciplina elevado no âmbito financeiro e tem cumprido rigorosamente o princípio da procura do alcance do equilíbrio entre as receitas e as despesas, previsto na Lei Básica, permitindo estabelecer uma base relevante para a manutenção da estabilidade financeira a médio prazo.

A capacidade financeira cada vez mais sólida de Macau e o estado das receitas e das despesas foram factores importantes para a subida da notação de crédito, de acordo com a Autoridade Monetária de Macau.

A reserva financeira de Macau apresentava um valor de 487,1 mil milhões de patacas (59,7 mil milhões de dólares) no final de Novembro de 2017, dispondo a reserva básica 128,0 mil milhões de patacas e a reserva extraordinária 359,1 mil milhões de patacas.

O governo da Macau continuará a seguir o princípio da manutenção das despesas dentro dos limites das receitas, como princípio de gestão financeira prudente e a aperfeiçoar o estabelecimento do regime de gestão dos recursos financeiros, assegurando o desenvolvimento sustentável das finanças do território, ainda de acordo com a Autoridade Monetária de Macau. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH