Aplicação da Reserva Financeira de Macau proporciona rendibilidade de 4,8% em 2017

2 March 2018

A aplicação da Reserva Financeira de Macau em produtos financeiros em 2017 proporcionou um rendimento de 22,07 mil milhões de patacas (2,75 mil milhões de dólares), montante que corresponde a uma taxa de rendibilidade anual de cerca de 4,8%, informou a Autoridade Monetária de Macau (AMCM).

A Reserva Financeira de Macau situava-se no final do ano transacto em 490 mil milhões de patacas (61,2 mil milhões de dólares), um aumento anual de 11,7%, sendo que a reserva básica representava 127,9 mil milhões de patacas e a reserva extraordinária 362,1 mil milhões de patacas.

A AMCM informou igualmente que, tendo em atenção o reforço da aplicação em activos de bolsa de valores, bem como a subida ocorrida nesses mercados e nas acções da classe A, esses investimentos representaram cerca de 70% dos rendimentos totais, totalizando 15,11 mil milhões de patacas.

As aplicações em títulos de dívida tiveram como resultado um rendimento de 4,5 mil milhões de patacas, tendo a Autoridade Monetária de Macau adiantado ter reduzido o peso na carteira de investimentos dessas aplicações, além de ter optimizado o desempenho geral dos activos, através da afectação diversificada e dos ajustamentos de prazos de renovação.

As aplicações em divisas foram o único segmento a registar menos-valias, com uma perda de 1690,3 milhões de patacas, de acordo com a análise dos rendimentos dos investimentos da Reserva Financeira de Macau em 2017. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH