Angolana Sonangol põe termo à ligação aérea entre Luanda e Houston, EUA

6 March 2018

A administração da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) decidiu pôr termo à ligação entre Luanda e Houston, nos Estados Unidos, atendendo a que a rota operada pelo subsidiária SonAir acumulava prejuízos mensais elevados devido à baixa taxa de ocupação, anunciou recentemente o presidente da estatal.

Carlos Saturnino, citado pelo Jornal de Angola, precisou que a ligação directa para Houston, conhecida por “Houston Express”, é das rotas em que o grupo mais investiu, mas, com uma taxa de ocupação máxima de 38%, gerava prejuízos estimados em 2,5 milhões de dólares por mês.

O presidente da Sonangol adiantou que o Conselho de Administração está a avaliar qual deverá ser o melhor modelo de negócios para a subsidiária aérea, de que se destaca a frota de helicópteros que apoiam a indústria petrolífera.

Saturnino adiantou ter sido uma decisão difícil, mas, atendendo a que os aviões estão velhos sendo preciso comprar novos aparelhos e há rotas para os Estados Unidos mais competitivas, foi decidido pôr termo à “Houston Express” a partir de 29 de Março, dia em que será efectuado o último voo.

Inaugurada a 6 de Novembro do ano 2000, a “Houston Express” é a única ligação aérea directa entre Angola e os Estados Unidos da América, com um serviço limitado até ao ano passado a passageiros da indústria petrolífera, mas desde essa data alargado a todas as pessoas que pretendessem viajar para os Estados Unidos. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH