Banco Mundial apoia sector social de São Tomé e Príncipe

O Banco Mundial vai disponibilizar dez milhões de dólares para financiar projectos sociais em São Tomé e Príncipe, visando, sobretudo, a redução das desigualdades sociais e o combate à pobreza no arquipélago, nos próximos 5 anos, anunciou quarta-feira um quadro da instituição financeira em São Tomé.

Éric Sapatéro fez esta revelação num encontro cuja cerimónia de abertura foi presidida pelo ministro são-tomense do Emprego e Assuntos Sociais, Emílio Lima, que em nome do governo agradeceu o apoio financeiro anunciado pelo Banco Mundial.

Além do “montante de cinco milhões de dólares destinados aos projectos de habitação social”, Éric Sapatéro disse que “os outros cinco milhões irão cobrir os cursos profissionalizantes” e outras acções no âmbito dos projectos apresentados pelo ministério do Emprego e Assuntos sociais de São Tomé e Príncipe.

Estima-se que projecto irá beneficiar mais de 2500 famílias, bem como o reforço do Ministério do Emprego e Assuntos Sociais através de equipamentos e formação de quadros, além de concessão de apoio aos mais necessitados e acções de acompanhamento.

Este financiamento junta-se ao projecto de “recuperação energética” já em curso em São Tomé e Príncipe desde 2016 e que conta com um apoio financeiro de 29 milhões de dólares concedido pelo Banco Mundial. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH