Angola emite mais dívida para solucionar malparado na banca

13 March 2018

O governo de Angola vai proceder à emissão de 50 mil milhões de kwanzas (233 milhões de dólares) em Obrigações do Tesouro para financiar a Recredit, uma sociedade detida pelo Estado com “o objectivo específico de apoiar a recuperação da banca nacional, especificamente da banca pública”, de acordo com um decreto presidencial.

Esta emissão de dívida terá uma maturidade de 10 anos e juros anuais de 7,5%, de acordo com o mesmo decreto, assinado pelo Presidente da República, João Lourenço, autorizando esta emissão de Obrigações do Tesouro.

A Recredit está a negociar a aquisição do crédito malparado de cinco bancos comerciais angolanos, de Poupança e Crédito, de Comércio e Indústria, Angolano de Investimentos, Keve e de Negócios Internacional.

Números divulgados pela Recredit indicavam estarem por resolver do total de crédito malparado cerca de 300 mil milhões de kwanzas (1517 milhões de dólares), três quartos dos quais ou 225 mil milhões de kwanzas (1138 milhões de dólares) com previsão de resolução antes de 31 de Dezembro.

O valor total do malparado do sistema bancário angolano sob a gestão da Recredit estava avaliado, inicialmente, em 500 mil milhões de kwanzas (cerca de 2528 milhões de dólares), 200 mil milhões de kwanzas dos quais estavam já resolvidos em Dezembro do ano passado. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH