China financia reparação de estradas em São Tomé e Príncipe

Obras de reparação de estradas e de abertura de valas de drenagem tiveram início em São Tomé e Príncipe ao abrigo da linha de financiamento de 146 milhões de dólares aberta pela China a favor do arquipélago, tendo-se realizado uma cerimónia que contou com a presença do embaixador chinês, Wang Wei e do primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada.

A serem executadas pela empresa chinesa Top Internacional num prazo de 12 meses, as obras consistem na reparação de um conjunto de estradas entre a capital São Tomé e o distrito de Mezochi, num percurso de mais de 20 quilómetros, incluindo a abertura de valas de drenagem.

Patrice Trovoada anunciou em Abril de 2017, na sequência de uma visita a Pequim, que a China tinha decidido conceder um donativo de 146 milhões de dólares a São Tomé e Príncipe e perdoar uma dívida de 28 milhões de dólares que o arquipélago tinha para com o Estado chinês.

O programa de cooperação assinado há pouco menos de um ano com a China abrange as áreas económica, científica, cultural e de assistência técnica, bem como a saúde e agricultura, havendo ainda acordos específicos relativos às infra-estruturas, energia, aumento de rendimento no meio rural e combate ao paludismo. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH