Reservas internacionais líquidas de Angola caem para 13 299 milhões de dólares em 2017

13 March 2018

As reservas internacionais líquidas de Angola registaram uma diminuição de 36,08% em termos anuais e de 13,04% em termos trimestrais para se situarem no final de 2017 em 13 299 milhões de dólares, de acordo com o Relatório de Inflação relativo ao quarto trimestre de 2017 recentemente publicado pelo Banco Nacional de Angola.

As reservas internacionais brutas situaram-se no final do ano em 17 937 milhões de dólares, montante que corresponde a uma cobertura de 6,85 meses de importações de bens e serviços, contra 19 710 milhões de dólares ou 7,58 meses de importações no final do terceiro trimestre de 2017.

A diminuição verificada em termos anuais, no montante de 6415 milhões de dólares, ficou a dever-se a um maior fluxo de saídas em relação às entradas de recursos, nomeadamente devido aos pagamentos correntes do governo, serviço da dívida externa e venda de divisas pelo Banco Nacional de Angola, pode ler-se no documento.

O relatório adianta que as reservas internacionais brutas no final de 2017 permaneceram em níveis confortáveis, com uma cobertura acima da meta de seis meses de importação de bens e serviços (meta de convergência da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral), apesar das incertezas e a volatilidade dos preços do petróleo no mercado internacional. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH