Moçambique tem verba para pagar 17% das dívidas ao sector privado

14 March 2018

O governo de Moçambique dispõe de 2,7 mil milhões de meticais (43 milhões de dólares) para liquidar 17% da dívida do Estado ao sector privado, disse segunda-feira em Maputo o primeiro-ministro, na sessão de encerramento da XV Conferência Anual do Sector Privado.

Carlos Agostinho do Rosário, citado pela Rádio Moçambique, disse ainda que o pagamento de uma parte da dívida contraída com o fornecimento de bens e serviços visa “estimular a participação do sector privado na economia nacional.”

Agostinho Vuma, presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), principal associação patronal de Moçambique, tinha alertado na segunda-feira o governo e o banco central para a situação de “sufoco” e “falência em massa” de empresas do país.

Na ocasião, aquele responsável pediu ao executivo um plano para pagamento das facturas atrasadas a fornecedores, bem com do reembolso de Imposto sobre Valor Acrescentado (IVA) que está por liquidar.

Vuma adiantou que a CTA está prestes a concluir um estudo que se vai centrar na falência de empresas no país, cujas conclusões serão divulgadas “não para criar pânico, mas sim para procurar encontrar soluções.”

A XV Conferência Anual do Sector Privado foi ainda palco para um debate sobre a escassez de crédito por parte da banca comercial que seja acessível às pequenas e médias empresas, atendendo a que as taxas de juro mais baixas para qualquer empréstimo rondam 28%. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH