Angola emite vistos de entrada à chegada para cidadãos de 61 países

28 March 2018

O Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) de Angola já criou cinco balcões no aeroporto internacional de Luanda, onde, a partir do final deste mês, vão emitir vistos de turismo, a cidadãos de 61 países, à entrada no território angolano, anunciou terça-feira em Luanda o director-geral do SME.

As declarações de Gil Famoso foram proferidas à margem de uma visita de verificação efectuada pelos ministros do interior, Ângelo Veiga Tavares, e dos Transportes, Augusto Tomás, ao aeroporto internacional de Luanda.

Os cidadãos de 61 países passam, a partir daquela data, a ter entrada facilitada em Angola, desde que permaneçam no território até 30 dias por entrada e 90 dias por ano.

Um decreto presidencial com data de Fevereiro determina que quatro países africanos (Botsuana, Ilhas Maurícias, Ilhas Seicheles e Zimbabué) e um asiático (Singapura) fiquem isentos no que se refere ao visto de turistas e 61 países beneficiam do procedimento de simplificação dos actos administrativos para a concessão de visto de turismo.

Argélia, Cabo Verde, Madagáscar, Malaui, Marrocos, Lesoto, São Tomé e Príncipe, Suazilândia e Zâmbia são países que beneficiaram dos processos de simplificação e na Europa, além dos 28 países que compõem a União Europeia, estão incluídos no decreto presidencial a Irlanda do Norte, Islândia, Mónaco, Noruega, Reino Unido, Rússia, Suíça e Vaticano.

Argentina, Brasil, Canada, Chile, Cuba, Estados Unidos, Uruguai e Venezuela são os países do continente americano abrangidos pela simplificação e na Ásia o decreto contempla a China, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Índia, Indonésia, Israel e Japão, sendo que na Oceânia estão abrangidos a Austrália, Nova Zelândia e Timor-Leste. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH