Empresa de Angola investe 60 milhões de dólares em complexo metalúrgico

28 March 2018

A Algoa Cabinda Fabrication Services, Lda. aplicou 60 milhões de dólares na construção de um complexo metalúrgico no parque industrial da província de Cabinda para fornecer equipamentos e peças sobressalentes às empresas petrolíferas instaladas naquela região de Angola, noticiou a imprensa local.

O empreendimento está implantado numa área de 20 mil metros quadrados, devendo, futuramente, estender-se para 60 mil metros quadrados, com o objectivo de torná-lo no maior complexo metalúrgico industrial do país, de acordo com o Jornal de Angola.

O director-geral e fundador da empresa, Dieter Rohrich, disse na cerimónia de inauguração do empreendimento, que se situa na periferia do Parque Industrial de Fútila, que as peças e outros sobressalentes produzidos no complexo respeitam os padrões internacionais da indústria petrolífera.

O presidente da Associação dos Industriais de Angola (AIA), José Severino, destacou a contribuição da Algoa na estruturação da indústria petrolífera e adiantou que a forte intervenção da empresa no mercado angolano facilita a vida de muitas empresas do sector petrolífero, que registavam muitos constrangimentos na importação de equipamentos e peças de reposição e podem, a partir de agora, recorrer a um fornecedor local que dispõe de tecnologia, capital e experiência no fabrico e fornecimento de tais materiais.

A página electrónica da Algoa Cabinda Fabrication Services, Lda. informa que a empresa está presente em Angola desde 1971, estando a sua actividade concentrada na prestação de serviços às empresas e grupos petrolíferos que operam no país, muito particularmente na província de Cabinda. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH