Angola mantém interesse na bauxite da Guiné-Bissau

11 April 2018

Angola vai retomar os projectos agrícolas e de exploração de bauxite na Guiné-Bissau, disse terça-feira em Bissau o segundo vice-presidente do parlamento de Angola, Higino Carneiro, citado pela imprensa angolana.

Higino Carneiro, que prestava declarações no final de uma audiência concedida pelo chefe de Estado guineense, José Mário Vaz, manifestou o interesse de Angola em “continuar a desenvolver os projectos”, que tiveram início em 2007 com a assinatura do acordo bilateral de cooperação.

Nessa altura, Angola levou para a Guiné-Bissau duas empresas para desenvolver actividades na exploração mineiro e na agricultura e indústria.

“Informei o Presidente que se encontram neste momento em Bissau responsáveis que estão a trabalhar com funcionários ligados ao projecto da Bauxite Angola e a um outro relacionado com a castanha de caju”, dissse o segundo vice-presidente do parlamento angolano.

Higino Carneiro chegou terça-feira a Bissau, tendo sido recebido pelo presidente do parlamento, Cipriano Cassamá, pelo chefe de Estado e pelo actual primeiro-ministro, Artur Silva, com que assinou em 2007 o primeiro acordo de cooperação bilateral.

A cooperação entre Angola e a Guiné-Bissau foi suspensa em Abril de 2012, na sequência de um golpe militar ocorrido em Bissau, que levou à saída forçada do contingente do exército angolano estacionado no país. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH