FMI prevê que economia de Macau cresça 7,0% em 2018

19 April 2018

A economia de Macau deverá este ano registar uma taxa de crescimento de 7,0%, uma quebra de 2,3 pontos percentuais relativamente à taxa de 9,3% registada em 2017, de acordo com as previsões do Fundo Monetário Internacional constantes das Previsões Económicas Mundiais da Primavera.

Em Março passado, a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos de Macau anunciou ter-se contabilizado em 2017 um crescimento económico real de 9,1%, com o Produto Interno Bruto per capita a ter registado um crescimento ligeiramente inferior, de 8,6%, igualmente em termos reais.

O relatório, terça-feira divulgado em Washington, prevê ainda para Macau um crescimento económico de 6,1% em 2019 e de 4,3% em 2023.

O documento do FMI inclui previsões sobre a evolução dos preços no consumidor, prevendo para o caso de Macau taxas de inflação de 2,2%, 2,4% e 2,8% este ano, em 2019 e em 2023, respectivamente.

Macau é de entre as economias avançadas aquela que regista o excedente mais elevado na balança de transacções correntes, com taxas em percentagem do Produto Interno Bruto de 32,1%, 33,1% e 34,8%, respectivamente, a que se seguem Hong Kong e Taiwan, territórios com excedentes em percentagem do PIB de dois dígitos (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH