Angola recebe em breve uma equipa do Fundo Monetário Internacional

25 April 2018

Uma equipa do Fundo Monetário Internacional (FMI) desloca-se em breve a Angola, para diagnosticar os problemas financeiros, no quadro do apoio solicitado pelo governo angolano para um programa não financiado, denominado “Instrumento de Coordenação de Políticas” (Policy Coordination Instrument – PCI), disse recentemente o director do departamento África da instituição.

Em declarações proferidas em Washington, citadas pelo Jornal de Angola, Abebe Selassie sunlinhou que a equipa vai avaliar, entre outros assuntos, as questões ligadas às reformas macro-económicas, fiscal e cambial do país.

Abebe Selassie realçou o facto de o governo manifestar interesse em aplicar reformas para diversificar a economia e não depender do petróleo.

Em relação à África a sul do Saara, Abebe Selassie entende que a região regista um modesto crescimento, devendo crescer de 2,8% em 2017 para 3,4% este ano, uma recuperação de base ampla com dois terços dos países da região.

Na sua visão, os países que importam petróleo, que em alguns casos mostram crescimento devido às grandes despesas do sector público que resultou em acumulação de dívida, devem reduzir o desequilíbrio fiscal, acelerar reformas para permitir que o sector privado se transforme no motor de crescimento.

Para o responsável, é necessário aumentar a colecta de impostos, que permitirá que aquela região de África possa alcançar as metas de desenvolvimento sustentável, mantendo a sustentabilidade fiscal. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH