Embaixador da China em Angola anuncia investimentos na província da Huíla

25 April 2018

Os sectores agrícola e industrial da província da Huíla vão receber ainda este ano investimentos da República Popular da China, que também pretende financiar a construção de escolas de formação profissional, anunciou terça-feira no Huambo o embaixador da China em Angola.

Cui Aimin disse no final de uma visita à escola no bairro Lossambo, a 12 quilómetros da cidade do Huambo, cuja construção em 2016 foi financiada pelo governo da China, que os investimentos a serem aplicados, fundamentalmente, nos sectores da agricultura e indústria fazem parte de um protocolo de cooperação entre os dois países.

O embaixador adiantou que a China vai financiar a construção, nesta província, de um centro de formação profissional para ministrar cursos relacionados com o sector agrícola, nomeadamente para especialistas em sementes, de processamento de produtos agrícolas e de gestão social, cujas aulas serão asseguradas por professores angolanos e chineses.

Cui Aimim também prometeu ajuda ao governo da província do Huambo no que respeita à captação de investimentos privados na China, destinados a outras áreas que sejam consideradas importantes no processo de desenvolvimento social e económico, de acordo com a agência noticiosa Angop.

Na escola de amizade Angola/China, frequentada por 780 alunos do 1.º ciclo do ensino secundário, o embaixador ofereceu material escolar, desportivo, computadores, televisores e outros meios de uso corrente, para contribuir para a melhoria da qualidade de ensino-aprendizagem. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH