Angolana Sonangol honra pagamento de navios-sonda encomendados na Coreia do Sul

9 May 2018

A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) vai honrar os compromissos financeiros assumidos com a encomenda de dois navios-sonda à empresa sul-coreana Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering Co., Ltd (DSME), informou a estatal angolana em comunicado.

O comunicado adianta ter o entendimento sido alcançado na passada quinta-feira, no decurso de um encontro realizado à margem da Conferência de Tecnologias Marítimas (OTC, na sigla em inglês) em Houston, Texas, entre delegações da Sonangol e da empresa sul-coreana.

Para o efeito, o presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Carlos Saturnino, acordou os mecanismos a accionar pela petrolífera nacional visando o abate da dívida com a empresa sul-coreana, por formas a que os navios-sonda entrem em funcionamento em 2019.

Em comunicado divulgado em Março de 2017, a Sonangol havia afirmado estar a negociar com os seus parceiros internacionais um novo modelo de negócio que permita colocar ao serviço, “em breve”, dois navios-sonda encomendados na Coreia do Sul.

Informação divulgada na mesma altura pela imprensa sul-coreana havia indicado que o grupo americano ExxonMobil poderia adiantar 879 milhões de dólares, verba necessária para que os estaleiros navais Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering libertassem as duas estruturas encomendadas pela Sonangol para a realização de furos de prospecção petrolífera. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH