Famílias rurais de Moçambique com acesso a televisão por satélite

11 May 2018

Os governos da China e de Moçambique lançam domingo, 13 de Maio, em Marracuene, província de Maputo, uma iniciativa que vai permitir que famílias residentes em zonas rurais tenham acesso à televisão por satélite, informou o Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional em comunicado divulgado quinta-feira.

O acto de lançamento desta iniciativa, que abrange 500 aldeias moçambicanas, com uma média de 150 agregados familiares, visa proporcionar acesso a transmissões de televisão digital em lugares como edifícios públicos, hospitais, escolas e centros comunitários.

A iniciativa, denominada “Acesso à TV por Satélite para 10 mil aldeias africanas”, resulta do anúncio do Presidente da China, Xi Jinping, proferido em Dezembro de 2015, no Fórum de Cooperação China-África (FOCAC), realizado na África do Sul, a ser executado em mais de duas dezenas de países africanos.

Moçambique, que se encontra actualmente no processo de conversão das emissões analógicas de rádio e televisão para digitais, é o primeiro país africano a beneficiar da iniciativa da China no seio da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Este projecto está a ser coordenado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional e pela empresa StarTimes Mozambique, subsidiária do grupo chinês StarTimes, que tem uma presença forte em África onde comercializa televisão digital terrestre e televisão por satélite aos consumidores. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH