Empresários chineses investem na produção de toranjas em Moçambique

16 May 2018

Um grupo de empresários chineses reunido no consórcio Jiangsu Huaxi Group vai investir 374 milhões de meticais (6,2 milhões de dólares) num projecto agrícola vocacionado para a produção de toranjas na província central de Manica, disse o presidente do consórcio após o grupo ter sido recebido em audiência pelo governador provincial.

Wu Xieʼen, citado pelo matutino Notícias, de Maputo, disse ainda ter o encontro com o governador Alberto Mondlane visado apresentar o projecto e solicitar uma área de terreno para a implantação do projecto, que numa primeira fase irá necessitar de dois mil hectares.

Afirmou que a província de Manica dispõe de condições excelentes para o desenvolvimento de citrinos, daí a aposta do consórcio em investir naquela província e acrescentou que este projecto está concebido para três anos, período findo o qual será feita a avaliação para constatar se vale a pena prosseguir ou não com a produção de toranjas na província de Manica.

O presidente do consórcio adiantou que a produção será preferencialmente exportada para a Europa e para a China, tendo os contactos para o efeito sido já efectuados, o que demonstra que, a ser viabilizado o projecto, o produto tem mercado garantido.

Além da produção de toranjas, o consórcio chinês prevê explorar novas áreas e oportunidades de investimento no sector agrário e mineiro, tendo Wu Xie’en afirmado que a produção de toranjas é apenas o pontapé de saída para os investimentos que os empresários chineses projectam para a província de Manica. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH