Moçambique negoceia com a China construção de instituto de formação profissional

23 May 2018

O governo de Moçambique está a negociar com a China o financiamento e construção de um instituto de formação profissional e técnica na Gorongosa, centro do país, de acordo com um comunicado do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e Técnico.

O ministro Jorge Nhambiu afirma no comunicado citado pela agência noticiosa AIM que o governo pretende a criação de um “centro de excelência” com cursos ligados à agricultura, pecuária, processamento agrícola, energias renováveis e tecnologias de informação e de comunicação.

Os planos discutidos com uma delegação chinesa prevêem a construção de um instituto com capacidade para 400 alunos numa área de 310 hectares – 10 hectares para edifícios escolares e 300 hectares para instalações agrícolas e pecuárias – num investimento estimado em 18 milhões de dólares.

A delegação chinesa prevê que a obra seja executada no prazo de dois anos depois de aprovado o projecto, adianta o comunicado ministerial.

Li Zhanshu, presidente da presidente do Comité Permanente da 13.ª Assembleia Popular Nacional da China, visitou este mês Moçambique e manifestou abertura para financiar novos projectos económicos, destacando o potencial do território moçambicano na área da agricultura e de infra-estruturas. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH