Mitsui & Co. investe 1500 milhões de dólares em Moçambique

31 May 2018

O grupo japonês Mitsui & Co. vai investir cerca de 1500 milhões de dólares em Moçambique na exploração do bloco Área 1 da bacia do Rovuma, onde detém uma participação de 20%, através da subsidiária Mitsui E&P Mozambique Area1 Ltd., disse o presidente do grupo em declarações ao jornal Nihon Keizai Shimbun (Nikkei).

Tatsuo Yasunaga disse ainda que o grupo está a abandonar o carvão em favor do gás natural, sendo que o produto a ser extraído em Moçambique será fornecido à igualmente japonesa Tohoku Electric, ao abrigo de um contrato de longo prazo, bem como a empresas da Tailândia e da China, cujo processo de negociação está a decorrer.

O bloco Área 1 é operado pela Anadarko Moçambique Área 1, Ltd, uma subsidiária controlada a 100% pelo grupo Anadarko Petroleum, com uma participação de 26,5%, a ENH Rovuma Área Um, subsidiária da estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, com 15%, Mitsui E&P Mozambique Area1 Ltd. (20%), ONGC Videsh Ltd. (10%), Beas Rovuma Energy Mozambique Limited (10%), BPRL Ventures Mozambique B.V. (10%), and PTTEP Mozambique Area 1 Limited (8,5%).

O bloco contém reservas estimadas entre 50 biliões e 75 biliões de pés cúbicos de gás natural, estando igualmente estimado que a sua exploração comercial vai exigir um investimento mínimo de 15 mil milhões de dólares.

Tatsuo Yasunaga disse também que a participação do grupo neste projecto foi adquirida em 2008 e acrescentou que só agora, em que se verifica um aumento da procura por parte dos países emergentes, é que foi decidido avançar, sendo uma decisão final de investimento esperada no decurso do presente ano fiscal.

A extracção e liquidificação de gás natural está prevista para ter início em 2023, com uma produção anual de 12 milhões de toneladas, tendo o presidente do grupo japonês afirmado ao Nikkei que está já garantia a venda de 9 milhões a 10 milhões de toneladas. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH