Serviço da dívida de Angola excede receita fiscal em 2018

4 June 2018

O serviço da dívida de Angola vai este ano exceder a receita fiscal em 16,3%, depois de em 2017 se ter situado em 89,4%, previu a unidade de análise económica do Standard Bank, que defendeu o alargamento da maturidade dos empréstimos.

Os analistas do banco, numa análise aos mercados africanos citada pela agência noticiosa Lusa, disseram que a pressão no serviço da dívida “reflecte um aumento no total de dívida pública face ao Produto Interno Bruto (PIB), que passou de 68,6% em 2017 para 70,8% em 2018”, sendo que, em percentagem do PIB, 34% é dívida contraída internamente e 34,6% é dívida externa.

A unidade de análise económica do Standard Bank reconheceu, no entanto, que o governo de Angola está consciente destas dificuldades, estando, aliás, a tentar alargar os prazos de pagamento da dívida, renegociando os acordos bilaterais.

“O governo está a aumentar o perfil de maturidade da dívida interna, o que vai aliviar a pressão de servir a dívida de curto prazo”, escrevem, notando que “a alta procura pelos títulos de dívida pública em dólares [no valor de 3 mil milhões] mostram que os investidores internacionais estão confiantes na agenda de reformas do Presidente João Lourenço”. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH