Macau tem de contribuir para o desenvolvimento da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”

7 June 2018

O Chefe do Executivo de Macau, Chui Sai On, garantiu a determinação do governo em aproveitar ao máximo as vantagens que a iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” trazem para o início de uma nova jornada para a Região Administrativa Especial.

Chui, que falava na abertura da Conferência Internacional “Uma Faixa, Uma Rota” e o Desenvolvimento de Macau 2018, disse ser uma obrigação e responsabilidade participar activamente na iniciativa do governo central da China.

O Chefe do Executivo reafirmou que a localização de Macau e o papel de ponte na rota marítima da seda, a histórica relação comercial entre a China e o Ocidente através de Macau, o encontro das culturas chinesa e ocidental e a relevante comunidade chinesa espalhada pelo mundo são vantagens únicas com que o território irá participar na iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota.”

Na sua intervenção, Chui salientou a estabilidade da economia de Macau, a melhoria da qualidade de vida da população, o reforço da cooperação regional e internacional e prometeu todo o empenho do governo no sentido de acelerar a construção de Macau como Centro Mundial de Turismo e Lazer e como Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

O Chefe do Executivo garantiu ainda que Macau continuará a promover a articulação do Plano Quinquenal de Desenvolvimento da Região Administrativa Especial com o 13.º Plano Quinquenal Nacional, com a iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” e com o futuro planeamento da “Grande Baía Guangdong – Hong Kong – Macau”, de modo a injectar uma maior vitalidade no desenvolvimento sócio-económico de Macau. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH