EIU prevê que crescimento da economia de Macau perca velocidade já em 2019

11 June 2018

A taxa de crescimento da economia de Macau deverá este ano perder mais de três pontos percentuais relativamente aos 9,1% alcançados em 2017 para se situar em 5,8%, antes de voltar a cair para 3,9% em 2019, de acordo com as previsões da The Economist Intelligence Unit (EIU) no mais recente relatório sobre o território.

Prevendo uma taxa média de crescimento 4,8% para os dois anos em análise, a EIU afirma que o crescimento económico, mesmo em quebra, será ajudado pelo crescimento do jogo e da continuada despesa pública em habitação social, que servirão de suporte ao investimento.

O documento divulgado antecipa que os esforços do governo no sentido da diversificação económica obterão poucos resultados em 2018/2019,embora os operadores de jogo deverão vir a investir de forma acentuada na oferta turística não directamente relacionada com o jogo, o que ajudará a expandir a oferta de serviços de lazer e de entretenimento.

A EIU previu igualmente que o governo do território continuará a obter saldos positivos na execução orçamental, de 8,0% do Produto Interno Bruto este ano e de 7,1% em 2019, depois de no ano passado ter representado um décimo da despesa orçamentada e que a taxa de desemprego continuará historicamente baixa, com uma taxa quase natural de 1,9% nos dois anos em análise.

A taxa de inflação deverá ter tendência a aumentar de valor empurrada pela valorização ligeira da moeda chinesa face à pataca, regressando a um valor ligeiramente superior ao registado em 2016 (2,4%) e mais do dobro do contabilizado em 2017 (1,2%), com variações positivas de 2,7% e 2,8%, respectivamente em 2018 e 2019.

O relatório da EIU menciona o facto de não dever haver qualquer hipótese de a carga fiscal directa de 35% sobre a receita bruta que pesa sobre os operadores de jogo vir a ser reduzida nos próximos dois anos e recorda que essa carga é muito mais elevada do que a praticada em outras jurisdições.

Esta carga fiscal associada ao crescimento moderado da despesa pública prevista para 2018/2019 fará com que o governo arrecade excedentes orçamentais significativos, que serão adicionados às reservas que tëm vindo a crescer de forma sustentada desde que o sector do jogo foi liberalizado em 2001. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH