Experiência do Brasil na área do gás e petróleo importante para Moçambique

15 June 2018

O vice-ministro dos Recursos Minerais e Energia de Moçambique, Augusto de Sousa Fernando, disse em Maputo que o melhor aproveitamento dos investimentos que ocorrem no sector de petróleo e gás em Moçambique passa pela busca de experiências de países, como o Brasil, que operam no sector há já bastante tempo.

Falando no I Seminário de Petróleo e Gás entre Brasil e Moçambique, o ministro destacou a importância dos recursos humanos moçambicanos e a formação e treino de pessoal.

“O conteúdo local foi, é, e será preocupação do governo porque na Lei do Petróleo, em vigor desde 2014, foram incluídos comandos sobre a aquisição de bens e serviços, estabelecendo parcerias entre estrangeiros e moçambicanos”, disse o ministro citado pela Agência de Notícias de Moçambique (AIM).

Sousa Fernando disse que a experiência do Brasil em matéria de recursos humanos e formação é extremamente importante para Moçambique.

“No caso de petróleo e gás, o Brasil é uma opção certa” disse.

O Presidente do Conselho de Administração da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), Omar Mithá reforçou a palavras do ministro ao afirmar que “é uma grande oportunidade para colhermos experiências dos nossos parceiros brasileiros que estão na indústria há mais de 60 anos”.

Durante o seminário o Embaixador do Brasil em Moçambique, Rodrigo Soares, disse que Moçambique tem potencial para ser o terceiro maior exportador de gás no mundo, explorando as imensas reservas que possui na Bacia do Rovuma.(Macauhub)

MACAUHUB FRENCH