Importações de Angola passam a ser feitas com recurso a cartas de crédito

21 June 2018

A importação de mercadorias para Angola passará a ser feita essencialmente através de cartas de crédito, por ser o melhor instrumento financeiro utilizado no comércio internacional, disse quarta-feira, em Luanda, o governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano.

O governador adiantou que, contrariamente às ordens de transferência, as cartas de crédito garantem quer a entrada das mercadorias no país quer a documentação necessária para confirmação da disponibilização de recursos, concretamente divisas, para pagar aos exportadores.

José de Lima Massano falava à margem da apresentação à classe empresarial nacional e estrangeira do Novo Instrutivo de Regras de Procedimentos de Operações Cambiais para Importação e Exportações de mercadorias, um documento cuja elaboração está em vias de conclusão.

Com o novo instrutivo do BNA, os recursos cambiais associados à exportação de bens produzidos em Angola poderão regressar à economia, podendo o exportador manter uma parte do valor para honrar pagamentos posteriores e outra que será vendida ao banco central, segundo o governador, citado pela agência noticiosa Angop. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH