Chinesa Pingle expande presença no Brasil com escritório técnico e comercial

28 June 2018

A empresa chinesa Pingle, que fabrica maquinaria para fábricas de moagem, vai dispor de um escritório técnico e comercial e um armazém para armazenamento de peças no Brasil a partir de Setembro, uma decisão que visa estabelecer uma base de negócios para a América Latina, disse o agente da empresa no Brasil à agência financeira Reuters.

O investimento em Ponta Grossa, Estado do Paraná, é relativamente pequeno, de apenas um milhão de dólares, mas esse será apenas a fase inicial de um projecto que contempla numa segunda fase a construção de uma linha de montagem de equipamentos produzidos na China, disse ainda Luiz Valentim.

A Pingle fornece actualmente com maquinaria importada directamente da fábrica na China 36 unidades industriais no Brasil, país onde enfrenta a concorrência a unidade brasileira da suíça Bühler e a brasileira Sangati Berga, que possui fábrica em Fortaleza (Ceará).

Com a expansão das actividades no Brasil, a Pingle pretende beneficiar de uma nova fase de investimentos no sector da moagem de trigo, depois de cerca de 45% das unidades terem procedido a uma fase de modernização de equipamentos iniciada em 2015.

Com uma linha de montagem no Brasil, adiantou Luiz Valentim, a empresa conseguirá montar as máquinas de acordo com as especificações do cliente, podendo ainda ter acesso a linhas de financiamento para a construção nacional de equipamentos industriais.

Além de equipamentos para moinhos de trigo, a Pingle também fabrica máquinas para a moagem de cereais como milho, outro mercado que a empresa pretende explorar no Brasil. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH