Cartão chinês Union Pay lançado oficialmente em Angola

11 July 2018

O cartão Union Pay International foi terça-feira oficialmente apresentado pela Empresa Interbancária de Serviços (Emis) no decurso do primeiro dia da 34.ª edição da Feira Internacional de Luanda (Filda/2018), que decorre até sábado nas instalações da Zona Económica Especial Luanda/Bengo, em Viana.

A cerimónia, testemunhada pelo presidente da Comissão Executiva da Emis, José Gualberto de Matos e pelo director-geral da filial africana da Union Pay, Luping Zhang, serviu para apresentar o cartão, emitido e carregado no estrangeiro, que vai facilitar aos cidadãos chineses residentes em Angola fazer transacções sem qualquer restrição.

José Gualberto de Matos disse que o cartão é uma importação de serviços, porque ao entregar kwanzas aos portadores dos cartões “estamos a receber moedas estrangeiras, mas o mais importante é que isso facilita o ambiente de negócio, torna os pagamentos mais fáceis e mais seguros e transparentes, porque evita que as pessoas tenham de se socorrer do mercado paralelo.”

Luping Zhang disse por seu turno que cada cidadão chinês que tenha um cartão terá facilidades em realizar as suas transacções e ter uma vida mais facilitada em Angola, “podendo a partir de agora levantar kwanzas para as suas necessidades diárias com os cartões emitidos na China”, segundo a agência noticiosa Angop.

A Union Pay International irá proceder ao pagamento aos bancos comerciais dos montantes levantados em kwanza com a entrega de dólares, “o que vai fazer com que grande quantidade de moeda estrangeira entre no país”, disse José Gualberto de Matos.

Os cartões da Union Pay são aceites em 168 países e regiões, 50 dos quais em África, cobrindo mais de 26 milhões de comerciantes e 1,9 milhões de caixas automáticas até à data. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH