Fitch Ratings mantém notação de risco de Angola, mas melhora perspectiva para estável

11 July 2018

A agência Fitch Ratings manteve a notação de risco da dívida soberana de Angola em “B”, altamente especulativa e sem qualidade para investimento, mas reviu em alta de “negativa” para “estável” a perspectiva de evolução da economia, segundo o relatório divulgado terça-feira.

A agência justificou a revisão em alta da perspectiva de evolução da economia com a introdução de melhorias no regime cambial, que passou de um em que as taxas eram fixadas administrativamente para outro em que é o mercado a determinar as taxas, bem como a adopção de uma agenda de reformas ambiciosa.

A agenda de reformas inclui ajustamentos nas vertentes monetária, orçamental e estrutural, que vão diminuir as vulnerabilidades externas e melhorar as finanças públicas, segundo os analistas da Fitch Ratings.

A agência prevê que Angola registe este ano um crescimento económico de 2,3%, que subirá para 2,5% em 2019, devendo o défice orçamental baixar para 5,4% este ano, depois de em 2017 se ter situado em 6,8%.

A dívida pública aumentou para 66,6% do Produto Interno Bruto (PIB) no final de 2017, quando era de 50,7% no final de 2015″, lembram os analistas, que antecipam que a dívida pública chegue a um pico de 67,5% no final deste ano para começar a cair a partir de 2019 e chegar a 2020 com 58,7% do PIB. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH