Presidentes de Angola e de Moçambique presentes na cimeira dos BRICS

24 July 2018

Os Presidentes de Angola e de Moçambique, João Lourenço e Filipe Nyusi, respectivamente, foram convidados para participar na 10.ª reunião cimeira dos BRICS, que se realiza de 25 a 27 de Julho corrente em Joanesburgo, anunciou segunda-feira a ministra das Relações Internacionais e Cooperação da África do Sul.

A ministra Lindiwe Sisulu sublinhou que a visita dos dois dirigentes de países-membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) enquadra-se na pretensão dos líderes dos países dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) de reforçar o seu relacionamento com África.

Lindiwe Sisulu adiantou que, além de João Lourenço e Filipe Nyusi, foram também convidados para participar na cimeira de Joanesburgo mais seis chefes de Estado de países africanos, casos da Gabão, Namíbia, Ruanda, Senegal, Togo e Uganda.

O encontro entre os líderes dos BRICS e os seus homólogos africanos está agendado para dia 27, último dia da cimeira, segundo o programa oficial segunda-feira divulgado.

A reunião cimeira culminará com a adopção da “Declaração de Joanesburgo”, que inclui as metas acordadas pelos cinco países membros do BRICS até 31 de Dezembro de 2018, data em que termina a presidência rotativa da África do Sul.

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Manuel Augusto, ao anunciar ter o Presidente da República sido convidado pelo seu homólogo sul-africano Cyril Ramaphosa para estar presente na cimeira, recordou que João Lourenço é o presidente do Órgão de Cooperação Política, Defesa e Segurança da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

A primeira reunião cimeira do BRICS decorreu em 16 de Junho de 2009, em Yekaterinburg, Russia, com os quatro países iniciais – Brasil, Rússia, Índia e China – a que a África do Sul se juntou em 24 de Dezembro de 2010, dando origem à sigla em vigor. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH